Negócios

Product Owner e Product Manager: qual a diferença?

9 de novembro, 2020

Se você caiu de paraquedas no mundo das empresas de tecnologia é muito provável que ainda não esteja habituado com a infinidade de terminologias que rolam nesse meio. Quando falamos da área de produto, por mais que não seja uma atuação fundamentalmente nova, esta tem sido abordada de uma forma diferente no cenário das metodologias ágeis de trabalho.

Uma confusão comum ocorre entre as funções de Product Owner (PO) e Product Manager (PM). Isso ocorre visto que estes profissionais têm atuações bastante complementares no processo de desenvolvimento de produto, ainda que com divergências fundamentais em seu foco de trabalho. Você sabe distingui-las? Vem, vamos desvendar essa!

Product Owner (PO): O que faz o “dono do produto”?

O nome já diz bastante. Se você tem um animalzinho de estimação, deve saber que um dono bom é aquele que se faz presente, cuida, verifica e se certifica de que o seu filhote tem o que precisa para se desenvolver. Da mesma maneira, um profissional que atua na posição de Product Owner tem como premissa o foco absoluto nas necessidades do seu produto e de todos os stakeholders que se relacionam com este.

Uma boa definição para esse cargo é servir como uma ponte entre as partes interessadas – gestão do negócio, clientes, investidores, etc. – e o time de desenvolvimento. Ele é um porta-voz das necessidades e percepções dos usuários, assim como do planejamento estratégico do negócio, para a sua equipe.

Esse profissional precisa ser super organizado e ter um bom relacionamento interpessoal, para assim capturar e delegar as demandas com sucesso, organizar, priorizar e monitorar as responsabilidades do time, assim como garantir entregas no prazo e com qualidade.

No seu dia a dia, é comum ver um PO realizando tarefas de planejamento, monitorando as metas da equipe, liderando e avaliando o progresso dos Sprints (leia nosso artigo sobre metodologias ágeis), envolvendo os clientes nos projetos e – é claro – sempre tendo um olho no backlog – compilado de tarefas a realizar no desenvolvimento do produto.

Product Manager (PM): E o “gestor do produto”, o que faz de diferente?

Por mais que o nome de “gestor” possa se assemelhar às funções desempenhadas pelo Product Owner, na realidade esse tem um papel diferente dentro do projeto – ainda que bastante complementar. Fundamentalmente, o Product Manager tem uma função mais ligada à estratégia do negócio e sua conexão com o desenvolvimento do produto, ao invés de estar 100% ligado no processo tático do dia a dia.

Nossa colaboradora Jordana Mascarenhas, que atua como Product Manager na Phi, uma das empresas do nosso ecossistema, nos contou que “na rotina do Product Manager, ele precisa entender e alinhar 3 pontos: o negócio, a tecnologia e a experiência do usuário”. Isso em razão de ser o responsável pela qualidade e entrega de um produto, o qual deve possuir uma boa experiência e ser relevante para o usuário final. 

Assim, esse profissional conhece e analisa todas as minuciosidades do produto, para tomar decisões levando em consideração a visão macro de posicionamento, clientes e mercado. Ou seja, ele olhará muito mais para fora e transmitirá para dentro o foco a ser trabalhado.

De forma recorrente, um Product Manager tem a responsabilidade de avaliar o produto desenvolvido e decidir por sua continuidade, por eventuais ajustes ou até pela decisão de descontinuá-lo. Isso tudo visto que esse profissional estará sempre de olho nas tendências e oportunidades de mercado. Não à toa que atividades como pesquisa de mercado, descoberta da lacuna de mercado e produto e as estratégias de precificação e comunicação são a cargo dessa área.

Por fim, nossa Product Manager Jordana também nos apontou quais ela acredita serem as habilidades e conhecimentos essenciais para um bom PM:

  • Pensamento estratégico;
  • Entendimento dos objetivos da empresa;
  • Visão do produto no curto, médio e longo prazo;
  • Capacidade de priorização dos desafios;
  • Apoio ao time para ter clareza sobre o produto;
  • Realização de testes contínuos;
  • Capacidade de liderança;
  • Boa comunicação.

Recapitulando… Quais são as distinções principais entre um PO e um PM?

Antes de falar de distinções, vale ressaltarmos as semelhanças entre essas duas carreiras dentro da área de desenvolvimento de produtos. De acordo com a empresa de consultoria EBG Consulting, algumas premissas básicas a ambos os papéis são a forte capacidade de liderança, a comunicação eficaz com os diversos stakeholders e, ainda, uma noção profunda do produto tanto em termos técnicos quanto estratégicos – independente de qual for seu foco no dia a dia do negócio.

Agora, revisitando as diferenças entre esses dois profissionais-chave no processo de desenvolvimento de produto, é possível ressaltar algumas singularidades. Estas dizem respeito especialmente ao foco de atenção e às responsabilidades principais de cada área.  A imagem a seguir representa isso: 

E aí? Ficou um pouco mais clara a distinção entre os papéis dentro da área de produto? O objetivo dessa contextualização era trazer uma abordagem clara e objetiva sobre o que define um Product Owner (PO) e um Product Manager (PM), assim como as diferenças na atuação destes dois profissionais. É claro que há muitas outras coisas incríveis que poderíamos desvendar dentro dessas áreas, mas isso deixamos para outro papo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *