Eventos

NRF 2019: 10 grandes aprendizados

17 de janeiro, 2019

O principal e maior evento mundial de tecnologia para o varejo trouxe ótimas discussões e muito conteúdo de excelência. A 4all esteve na NRF Big Show 2019 junto com um grupo seleto de profissionais que têm como missão transformar o mercado brasileiro.

Para resumir nossa participação na NRF 2019, fizemos uma curadoria com o que consideramos os dez grandes aprendizados para o futuro do varejo. Vamos lá!

NRF 2019: 10 grandes aprendizados

1. Experiência garante sobrevivência

Principalmente para as lojas físicas, a experiência do consumidor é que irá valorizar e garantir a sobrevivência do ponto de venda. É preciso oferecer um motivo especial para as pessoas saírem de casa para comprar.

2. Físico e digital andam juntos

Click & collect, pick up stores são algumas das soluções phygital. Em 2018, o Walmart investiu U$ 11 bilhões em tecnologia e para garantir soluções relevantes e convenientes ao consumidor. Assim como outras empresas, nativas digitais, viram a importância de oferecer um ambiente físico para que os clientes pudessem experimentar os produtos.

3. Tecnologia é apenas meio

Tecnologia boa é tecnologia invisível, em que apenas o valor aplicado dela é percebido. Inteligência artificial, realidade aumentada machine learning e outras devem garantir a melhor experiência e conveniência ao consumidor.

4. Inclusão não é uma escolha

Os consumidores querem saber o que empresas e marcas representam, e não apenas o que estão vendendo. Neste ano, as questões de gênero e diversidade tiveram muito espaço de discussão na NRF. Portanto, engajamento social não é escolha, mas questão de sobrevivência.

5. A força feminina

A NRF 2019 reforçou o valor da mulher no mercado, trazendo painéis e palestras e falando abertamente sobre o tema, principalmente em relação à liderança das mulheres e à igualdade.

6. Propósito é relevância

Nunca se falou tanto sobre inclusão: feminismo, legalização da maconha e outras questões de gênero e representatividade quanto a NRF 2019. Com tudo isso, é importante entender qual bandeira sua marca vai levantar. Em 2019, não é mais possível continuar neutro.

7. Transparência e confiança

Uma relação de confiança entre pessoas e marcas não é construída na base do “eu sei tudo sobre você”, mas “eu sei o suficiente para tornar sua experiência única”. Essa relação é também sobre cumprir as promessas quanto às entregas dos produtos certos para cada necessidade. Honestidade, transparência, confiança são a moeda mais valiosa do varejo.

8. Economia orientada aos dados

Dados são o novo petróleo. A frase já cansou, mas não deixa de ser verdadeira. Mas de nada adianta coletar se a sua empresa não der sentido aos dados e utilizá-los. O uso adequado garante relevância na comunicação e ajuda na relação de transparência e confiança que o consumidor espera.

9. De olho na China

Os compradores chineses adotaram muito mais as compras digitais e móveis do que nós, ocidentais. Lá o uso de pagamentos digitais móveis é muito comum porque não houve a necessidade quebrar os hábitos estabelecidos. Ao contrário de nós, os brasileiros. A China é um grande case de varejo que deve guiar o resto do mundo. Fique de olho.

10. Transformação de mercado

MedMen é a maior empresa da emergente indústria de cannabis legal, trabalhando com maconha medicinal, liberada no estado de NY. Esse nicho de mercado deve faturar 25 bilhões de dólares em 2019, o que representa ⅓ do mercado de cerveja. É só questão de tempo até o jogo virar. Transformação de mercado é estar atento aos movimentos de consumo e seguir na mesma direção.

Acompanhe a cobertura dos três dias da NRF 2019:

NRF 2019: primeiro dia — Nada mais é só físico ou apenas digital

NRF 2019: segundo dia — Futuro aqui e agora

NRF 2019: terceiro dia — o sentido do varejo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *