Trends

NRF 2019: a 4all está no maior evento de varejo e tecnologia do mundo

14 de janeiro, 2019

Embarcamos rumo ao maior e principal evento mundial de tecnologia para o varejo: a NRF Big Show 2019, promovida pela National Retail Federation (Federação Nacional de Varejo dos Estados Unidos), que acontece de 13 a 15 de janeiro em Nova Iorque, nos Estados Unidos, que está em sua 110ª edição.

Antes mesmo de a feira começar, fizemos algumas visitas técnicas às lojas que figuram entre as mais inovadoras do mundo. Pudemos apanhar alguns insights e práticas que podem ser aplicados em diversos mercados, basta a iniciativa e o parceiro estratégico ideal. Afinal, transformação digital não é sobre tecnologia, mas sobre pessoas, cultura e mudança de mindset. Vamos juntos?

The Real Real

Trata-se de um brechó de luxo em NYC que só vende marcas como Chanel, Balenciaga, Gucci e outras. Com apenas duas lojas, a marca já vale mais de um bilhão de dólares. 30% das vendas são via mobile e os vendedores ganham 50% do valor de venda. As pessoas podem cadastrar seus produtos via app e os consignam nas lojas.

A precificação dos produtos é um dos diferenciais, pois funciona como uma espécie de bolsa de valores, onde demanda e tendências de mercado influenciam no preço ao consumidor.

O negócio deu tão certo que os dados dos clientes da The RealReal são considerados para o lançamento de novas coleções das grandes marcas.

Palavras-chave: sustentabilidade, curadoria

American Eagle

Todo jeans da loja é único, personalizado para cada cliente. É possível customizar online e retirar na loja ou mesmo receber em casa. Para eles, canal não é importante, mas a escolha do cliente. A palavra deles é onchannel: contam com uma lavanderia própria para que o cliente fique mais tempo dentro da loja.

Palavra-chave: personalização

MedMen

É a maior empresa da emergente indústria de cannabis legal.Trabalha com maconha medicinal, que é liberada no estado de NY. Esse nicho de mercado deve faturar 25 bilhões de dólares em 2019, o que representa ⅓ do mercado de cerveja. A loja vende mais do que consegue produzir.

Termo-chave: transformação de mercado

10CorsoComo

Representante do varejo de luxo. É loja, galeria de arte e também tem restaurante e bar.

Vende livros, acessórias e roupas. Nasceu em Milão e tem forte influência de fashion, a criadora é uma das pessoas mais importantes do varejo no mundo. Channel cria produtos exclusivos para a CorsoComo. Interessante aqui também é notar que fica longe de tudo em NY, numa área revitalizada e que passa a ser valorizada pela presença da marca.

Palavra-chave: experiência

Phluid

É uma loja de artigos fluidos, a primeira do mundo com produtos 100% sem gênero e pró-diversidade. Eles defendem que não são sobre produtos, mas sobre igualdade. Um espaço para comunidade LGBT se reunir. Interessante notar que os criadores se prepararam para preconceito, mas foram bem recebidos na comunidade.

Palavras-chave: fluidez, diversidade

Amazon 4-star

Referência mundial entre os varejistas, não poderíamos deixar de ir ver de perto a Amazon 4-star, que só tem itens com cotação com mais de quatro estrelas na Amazon online.

Palavra-chave: curadoria

Dyson

Produtos que utilizam o ar. A empresa combina ciência, tecnologia e engenharia para desenvolver seus produtos. Eles não vendem só aspiradores de pó e secadores de cabelo. Eles vendem aspiradores de pó e secadores de cabelo com potência supersônica.

Também contam com um atendimento excelente e com storytelling impecável dos atendentes, que conhecem não só a tecnologia mas a história e o valor dos produtos.

Palavra-chave: storytelling

Nike

Visitamos a flagship da Nike em Nova York, a chamada casa da inovação da marca. Funciona 100% via app. Basta escanear o QR code do produto, pagar e ir embora. Também é possível reservar um item via aplicativo e retirar num dos lockers da loja. Além disso, todos os tênis são customizáveis.

A loja também disponibiliza consultores de moda com hora marcada para atendimento personalizado. Consumidor no centro da estratégia: experiência e conveniência.

Palavra-chave: conveniência.

O varejo do futuro no Brasil

Uma iniciativa com uma proposta semelhante à da Nike foi desenvolvida no Brasil, nascida na NRF 2018: o Pier X. Com tecnologia e estratégia brasileiras, o espaço foi pensado para ser uma plataforma experiencial que só funciona via app, sem caixas, vendedores e sem estoque. Tudo acontece pelo aplicativo.

A 4all foi co-autora do projeto, que até o momento funciona no shopping Iguatemi, em Porto Alegre. Viu como dá para fazer no Brasil? Chama a 4all para transformar seu negócio. Na prática é mais simples 😉

Confira a cobertura do evento:

NRF2019: Day One — Nada mais é só físico ou apenas digital

NRF2019: Day Two — Futuro aqui e agora

NRF2019: Day Three — o sentido do varejo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *